Feeds RSS
Feeds RSS

terça-feira, 8 de junho de 2010

Como tudo Surgiu...


A Marianna Lorenzzo começou a 20 anos atrás, o pequeno atelier que hoje e a fábrica de que conhecemos começou nos fundos de uma casa com produtos sempre em couro, os produtos eram arcos, laços, broches e cintos para crianças. A partir daí os atuais sócios, dona Marlene e seu marido seu Tony abriram uma pequena empresa. Eles resolveram participar de pequenas
feiras no seguimento em Belo Horizonte, mas somente artesanato não bastava, então resolveram arriscar e fizeram três modelos de sapatos infantis com detalhes sempre em couro e
detalhes originais desenvolvidos pela dona Marlene, como são ate hoje. Após a chegada na feira os sapatos fizeram o mais sucesso que o carro chefe, os arcos, laços, broches e cintos. Os
sapatinhos venderam uma boa quantidade para somente três modelos. A partir daí o foco mudou para os sapatos, mas os outros artigos ficaram só que como acompanhamento dos sapatinhos. A Marianna Lorenzzo então direcionou sua produção para sapatinhos nas numerações de 14 a 22 a que atende desde bebes recém nascidos ate crianças de dois anos.
Assim a empresa foi crescendo e a necessidade de sapatinhos para crianças um pouco maiores veio, então a numeração máxima de sapatinhos foi o numero 30, sapatos para crianças de ate seis anos. E assim a empresa foi crescendo e a atenção para os sapatos foi sendo maior, principalmente no design, conforto, no acabamento e na modelagem. Depois deste upgrade a fábrica precisou de um novo maquinário porque nem tudo que era feito a mão tinha a qualidade que uma maquina tinha, como um corte mais confortável e preciso, mas sempre sem perder a
característica de ser feito a mão. Com uma demanda de pedidos maior foi preciso contratar mais
funcionários e a empresa foi crescendo, a Marianna precisava se mostrar em lugares melhores então resolveram não ir mais para Belo Horizonte para irem para São Paulo para divulgar seu trabalho, feiras melhores e mais voltadas para o seguimento de calçados infantis. Após 20 anos de trabalho os proprietários desenvolveram um jargão para falar de suas vendas, eles falam que elas são divididas em duas pontas, a primeira e a ponta dos chineses, que consiste em muito volume e pouco lucro, e a segunda e a ponta do diferencial onde e agregado mais valor e credibilidade para a marca, os duas pontas funcionam como uma balança equilibrada, pois a ponta dos chineses mostra e divulga os sapatos e a outra ponta da credibilidade e valor a marca, por isso precisam uma da outra.

5 comentários:

ILoveGManu disse...

QUAL O ENDEREÇÇO DA FABRICA?

Patricia Dalcim disse...

Mariana, moro em SP, na zona sul e estou com uma certa dificuldade em encontrar seus lindos sapatinhos. Você me indica alguma loja? Patricia

Rovilhena disse...

Olá, gostaria de revender os seus sapatinhos em minha loja de roupas infantis, como devo fazer? Sou de Duque de Caxias - RJ. Meu email é rovilhena@flaviense.com.br

Aguardo sua resposta,
Rosana Vilhena

passarinho disse...

gostaria de vender seus sapatinhos(lindos) cristinaaraujo1973@bol.com.br Nova Venécia ES

Sara Morais disse...

Olá,onde posso encontrar uma loja de vcs?Ou representantes,fábrica aqui no DF.Parabéns pelo trabalho!

Postar um comentário